segunda-feira, 17 de maio de 2010

Acusações

Disseste que sou perigoso
que hoje tens medo de mim

Ontem silenciaste...

Amanhã quiçá, tu me beijarás...
me abraçarás...
e tu me dirás...
que sou teu amor...

pois verás... no escuro...
que o perigo estava em ti o tempo todo...

pois não queres o meu amor
contudo teu espírito me visita todas as noites
me subtrai o sono...
e me sangra um pouco o coração...

Disseste que tens medo de mim...
mas eu temo o teu amor...

depois de sete anos nunca ouvi palavra torpe em tua boca delicada...
nem senti raiva ou rancor nos teus olhos...
mas hoje te vi ser jogada no chão...
e tua boca se encheu de palavras duras e sujas...
e eu é que tive medo de ti...

Tenho medo da tua boca...
pois encantas com poucas notas...
seduz com o metal...
faz desejar beijos...
mas depois diz que tens medo...

Perigoso é te ver espalhada no chão
chorando...
com curvas tão lindas, as dos teus quadris...
e o que mais me chocou... foi ouvir teu choro...
dorido... um lamento de desprezo...
teu olhar de loucura...

Eu tenho medo de ti
porque te amo
e tu?
Tens medo de mim
Porque Sou perigoso

Sempre te protegi...
sempre te protegerei...

Perigoso?
É sonhar contigo por tanto tempo...
pensar em ti todos os dias...
como quem sonha em ser ator,sem nunca poder subir no palco
passa a vida apenas... na platéia...

Isto sim... é que é perigoso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário